Forró do Jesuíno

(João Silva)

Jesuíno quando puxa a concertina
Senta o facho das meninas, incendeia o povoado
Os forrozeiros nem se lembra da semana
Enche a cara de cana e quando vê ta clarear

E Danado é que é Jesuíno toca sofisticado
Porque seu fole nem os baixos é completado
Mas se tratando de paixão é cada xote de doer o coração
Mas poeira vai cobrindo e o suor esparramando
E a mulher incentivando
Dança menino, puxe o fole jesuíno